CIRÚRGICO

CIRÚRGICO 2018-05-17T19:48:04+00:00

Artroscopia

Artroscopia é uma técnica cirúrgica avançada que permite ao cirurgião diagnosticar e tratar lesões com uma maior precisão através de um sistema óptico introduzido no joelho que permite diagnóstico e procedimentos cirúrgicos.

Com o artroscópio o cirurgião pode olhar diretamente no joelho, diagnosticar precisamente a patologia e decidir a melhor escolha de tratamento. Cada joelho dependendo da intensidade da lesão é fator determinante no tempo de sua recuperação.

A artroscopia pode corrigir diversos problemas no seu joelho, porém a recuperação total também depende do paciente. Procure separar um tempo para a sua recuperação após artroscopia que envolvem em primeiro momento repouso, elevação, compressas com gelo e exercícios simples de contração muscular.

A sua recuperação depende não só do tipo de lesão, mas também idade, atividades e tempo dedicado à reabilitação.

Como a artroscopia é menos invasiva que uma cirurgia aberta, a recuperação é mais rápida, com uma melhor recuperação interna e menores cicatrizes.

É bom enfatizar que mesmo a artroscopia reduzindo os problemas mecânicos de uma cirurgia padrão, para total recuperação no pós-cirúrgico, uma reabilitação bem feita se faz necessária.

Meniscectomia

As meniscectomias são cirurgias simples, via artroscopia. Elas são indicadas em casos onde não há possibilidade de se “salvar o menisco” como um todo. Neste caso o cirurgião retira o pedaço lesionado e mantém a parte integra, preservando assim , grande parte da função meniscal.

A cirurgia dura em média de 30 minutos. O paciente tem alta hospitalar andando e retorna ao esporte por volta de 01 a 2 meses após o procedimento cirúrgico, dependendo do tipo de lesão.

Sutura Meniscal

O desenvolvimento de técnicas novas para “salvar o menisco”, substituiu completamente a meniscectomia total tradicional no tratamento das lesões meniscais.

Embora a meniscectomia parcial ainda seja necessária quando indicada, a pesquisa de novas técnicas de reparação pode fazer com que, um dia, este procedimento se torne cada vez menos freqüente.

A sutura meniscal repara a lesão, onde podemos dizer que o menisco é “costurado”. E não retirada de parte alguma, portanto, o menisco permanece inteiro.

A cirurgia tem duração em média 30 minutos e o paciente recebe alta hospitalar no dia seguinte. Utilizará imobilizador por 4 semanas e muletas por 6 semanas. A reabilitação é imediata e dura 06 meses, período em que o paciente retornará ao esporte.

Assista as animações clicando aqui

Reconstrução do LCA

Nos últimos anos grandes progressos foram alcançados para melhoria do tratamento das lesões do LCA.

A evolução das técnicas cirúrgicas que iniciaram com sutura direta do ligamento rompido, reconstruções extra-articulares até atualmente as reconstruções minimamente invasivas assistidas por artroscopia, com diversas opções de enxertos (tendão patelar, semitendineo e grácil, tendão quadriceptal).

Estas técnicas associados a sofisticados sistemas de fixação do enxerto e protocolos de reabilitação adequados, melhoram consideravelmente os resultados finais.

As cirurgias para tratamento do LCA encontram-se em uma apaixonante era de evolução. O foco atual concentra-se em evoluir técnicas cirúrgicas que melhor controlam a rotação e translação anormais, efeito esses ocasionados pela lesão do LCA não tratada.

Embora a anatomia do LCA seja bem conhecida a varias décadas, nós ainda estudamos muito sua complexa estrutura e função. Diversas questões ainda estão sem resposta: Qual o papel definido de cada feixe de fibras do LCA? Existem pacientes com maior desequilíbrio da rotação do que da translação? As reconstruções da anatomia do LCA devolvem a movimentação normal no joelho?

Bem, diversas dessas questões já estão em fase adiantada de resposta.

Em nosso grupo com base em nossa experiência de uma média anual de 150 reconstruções do LCA, após analise multifatorial dos resultados, definimos diversos critérios principalmente na indicação de cada enxerto para cada paciente.

Assim, concluímos que cada perfil de paciente com lesão do LCA tem indicação de um enxerto especifico e talvez essa seja uma das razões de obtermos em torno de 93% de resultado satisfatório. No site é possível encontrar algumas dessas técnicas e a ultilizada em nossa prática cirúrgica.

Em média uma cirurgia para reconstrução do LCA dura cerca de 1 hora e o paciente recebe alta hospitalar no dia seguinte.

A reabilitação é iniciada já no hospital, no qual o paciente irá utilizar muletas somente nos 12 primeiros dias, imobilizador nos 10 primeiros dias e irá retornar aos esportes em média de seis meses de pós – operatório.

Conheça a técnica para Reconstrução do LCA utilizada pelo Dr. Rene Abdalla, o Endobutton, utilizado em todos os enxertos indicados:

Assista as animações clicando aqui

Reconstrução do LCP

Em uma população normal as lesões do ligamento cruzados posteriores (LCP) ocorrem entre 3% a 13% de todos os entorses de joelho. Sua função primária é previnir que a tíbia se desloque posteriormente em relação ao fêmur.

Para se diagnosticar uma lesão neste ligamento é necessário verificar a história completa do acidente, exame clínico de um médico especializado, e apresentação clínica do paciente após a lesão. Durante a coleta da história o conhecimento do mecanismo da lesão será extremamente necessário para um diagnóstico mais completo.

As lesões geralmente são causadas por traumas diretos no joelho ou quando o atleta salta e no pouso roda o joelho para fora. Quando diagnosticada apenas um ortopedista, especializado em joelho, poderá indicar o melhor tratamento a ser seguido.

Em caso de cirurgia, está deverá ser realizado o mais rápido possível para evitar maiores danos a articulação. Em média a cirurgia possui duração de 1 hora e meia. O paciente ficará hospitalizado até o dia seguinte. Não poderá andar durante 8 semanas e usará imobilizador durante 6 semanas. O retorno aos esportes só acontecerá de 8 a 12 meses de ciru[/karma_builder_accordion_panel][karma_builder_accordion_panel panel_active=”false” title=”Artroplastia (Prótese de Joelho)”]rgia.

Assista as animações clicando aqui

Artroplastia (Prótese de Joelho)

O joelho funciona como uma dobradiça, juntando dois ossos, o fêmur e a tíbia. As extremidades destes ossos são cobertos com uma grossa camada de cartilagem branca. Você tem somente uma camada dessa cartilagem em toda a vida. Se ela for danificada ou desgastada, o osso abaixo dela fica desprotegido e se atrita com o outro osso, produzindo artrite (inflamação) que causa dor, inchaço, rigidez, instabilidade e outras deformidades características. A artrite severa interfere com as atividades pessoais e limita sua vida diária.


Na Prótese de Joelho, apenas a superfície da articulação é removida, e uma gama de implantes artificiais são usados para reproduzir uma articulação o mais próximo do normal possível. Isso é possível removendo a extremidade danificada do osso e substituindo-a por superfícies de metal e plástico.

Os ligamentos, os tendões e os músculos são mantidos à medida do possível pois determinam estabilidade ao implante.[/karma_builder_accordion_panel][karma_builder_accordion_panel panel_active=”false” title=”Animações sobre procedimentos cirúrgicos”]

Animações sobre procedimentos cirúrgicos
Conheça através de animações em 3D como são os procedimentos cirúrgicos do joelho.

Assista as animações clicando aqui

Obs.: Os procedimentos ilustrados na animação são exemplos de técnicas utilizadas e que não traduzem na íntegra o método utilizado pelo Dr. Rene Abdalla.
As animações utilizadas são licenciadas junto ao órgão criador nos EUA.

Click edit button to change this text.

HORÁRIOS DE ATENDIMENTO

Terça-feira – 14:00 – 18:00
Quarta-feira – 12:00 – 18:00
Sexta-feira – 9:00 – 12:00

Informações:

(11) 3053-6611 ramais 4300 e 4311

Agendamento de Consultas:

(11) 97420-3618 /3053.6611 ramal 4321

COMO CHEGAR

POSTS RECENTES

Rafaelle no Instituto do Joelho HCor

14/11/2018|0 Comments

Após passar por cirurgia com o Prof. Dr. Rene Abdalla, na semana passada, a zagueira Rafaelle, da seleção brasileira de futebol feminino, passa por consulta com o ortopedista no Instituto do Joelho HCor, na tarde [...]

Rojas passa por cirurgia no Instituto do Joelho HCor

08/11/2018|0 Comments

Atleta do São Paulo Futebol Clube esteve no Instituto do Joelho HCor para realizar o tratamento cirúrgico de ruptura de tendão patelar, junto à patela, do joelho direito. De acordo com o Prof. Dr. Rene [...]

Bruna Benites

08/11/2018|0 Comments

Zagueira da seleção brasileira de futebol feminino realizou reconstrução do LCA com o Prof. Dr. Rene Abdalla e agora se recupera para poder disputar o Mundial de 2019 que será realizado em junho, na França.

Estágio em Cirurgia do Joelho 2019

08/11/2018|0 Comments

O Instituto do Joelho HCor sob orientação do Prof. Dr. Rene Abdalla, comunica a abertura de vagas para estágio, em cirurgia do joelho, a ortopedistas membros titulares da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia.   [...]